O QUE JESUS ENSINOU


Marcos 1. 21 – 32 [1]

Todos ficaram maravilhados com o seu ensino, porque lhes ensinava como alguém que tem autoridade e não como os mestre da lei.
(Marcos 1.18)

Esse texto nos deixa uma pergunta: o que Jesus ensinou que deixou aquele povo tão maravilhado? O que era tão diferente daquilo que estavam acostumados a ouvir naquela sinagoga considerado um centro de excelência nos estudos das Escrituras?

Infelizmente, Marcos não deixou uma cópia das palavras de Jesus, mas sabemos que Jesus ensinava sobre Deus, seu Reino e a sua vontade. Temas que estavam em pauta em todas as sinagogas da época. Então a diferença entre Jesus e os outros escribas não estava no tema, mas na maneira como Ele tratava. No lugar de ensinar teorias sobre Deus e seus propósitos, Jesus mostrou, em situações concretas, a bondade de Deus (Lucas 15. 1-10). Em vez de fazer especulações sobre o Reino de Deus, Jesus anuncia a proximidade dele (Marcos 1.15). Em lugar de ensino da Lei como uma lista de mandamentos a serem cumpridos, Jesus simplesmente ensina as pessoas a segui-la e fazerem aos outros o que querem que eles lhes façam (Mateus 7.12).

Jesus ensina as pessoas a viverem seu dia a dia como servos de Deus, e Ele mesmo colocava em prática os sinais da chegada do Reino de Deus. Essa passagem não deve ser lida como uma crítica aos escribas, pois somente o Messias poderia ensinar com tal autoridade (Daniel 7.13-14). Entretanto, deve ser lida como revelação do Messias para o povo da época e para nós hoje. É um testemunho da sua autoridade e poder.

Vamos orar:

Senhor, que possamos ver teu poder e decidir andar contigo todos os dias de nossas vidas de acordo com teu ensino

Terry e Simone Lockyer

 

[1] Entraram em Cafarnaum e, logo no sábado, indo ele à sinagoga, ali ensinava.
E maravilharam-se da sua doutrina, porque os ensinava como tendo autoridade, e não como os escribas.
E estava na sinagoga deles um homem com um espírito imundo, o qual exclamou,
Dizendo: Ah! que temos contigo, Jesus Nazareno? Vieste destruir-nos? Bem sei quem és: o Santo de Deus.
E repreendeu-o Jesus, dizendo: Cala-te, e sai dele.
Então o espírito imundo, convulsionando-o, e clamando com grande voz, saiu dele.
E todos se admiraram, a ponto de perguntarem entre si, dizendo: Que é isto? Que nova doutrina é esta? Pois com autoridade ordena aos espíritos imundos, e eles lhe obedecem!
E logo correu a sua fama por toda a província da Galiléia.
E logo, saindo da sinagoga, foram à casa de Simão e de André com Tiago e João.
E a sogra de Simão estava deitada com febre; e logo lhe falaram dela.
Então, chegando-se a ela, tomou-a pela mão, e levantou-a; e imediatamente a febre a deixou, e servia-os.
E, tendo chegado a tarde, quando já se estava pondo o sol, trouxeram-lhe todos os que se achavam enfermos, e os endemoninhados.

O.F. 08.02.11

Comentário