AVENTURE-SE!


AVENTURE-SE!

Marcos 1. 16 – 20¹

E disse Jesus: “Sigam-me…” (v. 17)


Não sei o que é mais espantoso: o convite de Cristo ou a atitude dos pescadores. Cristo convidou, mas não explicou direito o que iria acontecer, nem quanto tempo iria levar, onde seria o encontro ou por que seria bom “pescar homens”. E os irmãos que ouviram o convite simplesmente largaram suas redes, sem recolhê-las, e de mandaram atrás de Jesus. Creio que não tinham ideia do que estavam fazendo. Talvez pensassem que Cristo ia dar uma palestra sobre o assunto, e em uma hora voltariam ao seu trabalho normal. O fato é que abandonaram o que há anos era o ganha-pão de suas famílias e aceitaram o convite – e o resultado não foi pouca coisa!

Hoje, Jesus continua convidando pessoas a servi-lo e participar da grande aventura que Ele tem para suas vidas. Ele não dá explicações maiores, simplesmente diz: “Venha!”. Aceitar o convite pode mudar totalmente sua vida, rejeitá-lo fará você perde-la completamente (Marcos 8.35: Porque qualquer que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, mas, qualquer que perder a sua vida por amor de mim e do evangelho, esse a salvará ).

Existem verdades a serem aprendidas aqui. PRIMEIRO: a compreensão não é pré-requisito para a obediência. SEGUNDO: Jesus não convidou pescadores para laçar homens, mas para pesca-los – Ele parte de princípios que você já conhece, mesmo que os transforme completamente depois. TERCEIRO:  pescadores não eram as pessoas mais espertas daquela época. E convenhamos, deviam ter um cheiro horrível. Deus também não se preocupa com o que você tem ou com o cheiro dos seus pecados. Ele vê o que você pode se tornar, e não o que você é.

Não há como permanecer com as redes e seguir a Cristo, mas saiba que aceitar o convite será maior aventura de sua vida. Ele está olhando para você agora e dizendo: “venha comigo!”.

Vamos ora:

Senhor, é meu desejo seguir-te. Dá-me coragem para largar as redes e experimentar a história que tens para mim.

Rúben Benjamim Thiem


¹ E, andando junto do mar da Galiléia, viu Simão, e André, seu irmão, que lançavam a rede ao mar, pois eram pescadores.
E Jesus lhes disse: Vinde após mim, e eu farei que sejais pescadores de homens.
E, deixando logo as suas redes, o seguiram.
E, passando dali um pouco mais adiante, viu Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão, que estavam no barco consertando as redes,
E logo os chamou. E eles, deixando o seu pai Zebedeu no barco com os jornaleiros, foram após ele.

O.F. 31-01-11

Comentário